Brasil

ACSP lança Campanha do Agasalho 2021


Iniciativa do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) receberá doações até início de julho de forma presencial e virtual. Valor arrecadado será revertido para compra de agasalhos e cobertores


  Por Mariana Missiaggia 11 de Maio de 2021 às 15:00

  | Repórter mserrain@dcomercio.com.br


Foi lançada oficialmente nesta terça-feira (11/05) a Campanha do Agasalho 2021, uma iniciativa do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC), da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Este ano, as doações de roupas de frio e cobertores poderão ser feitas presencialmente, nos locais participantes, ou virtualmente em dinheiro, por meio do site da Campanha do Agasalho 2021.

De acordo com a presidente do CMEC da ACSP, Ana Cláudia Badra Cotait, a ideia é que a campanha se estenda até o dia 9 de julho para que as doações cheguem ao seu destino durante o inverno. 

“Todo o valor arrecadado com as doações virtuais será revertido para a compra de agasalhos e cobertores para crianças, idosos e moradores de rua, além de entidades de assistência social”, afirma Ana Cláudia. 

Todas as 15 distritais da ACSP na cidade de São Paulo, lojas e estabelecimentos de grande fluxo, como a rede Duque, de postos de combustíveis do Estado de São Paulo, disponibilizarão caixas em suas unidades para que a população tenha a possibilidade de realizar suas doações mantendo o distanciamento social, sem a necessidade de sair do veículo.

ANA BADRA, PRESIDENTE DO CMEC, CONTOU COM O APOIO DO ATOR E PRODUTOR RICARDO MACCHI
NA DIVULGAÇÃO DA CAMPANHA DO AGASALHO 2021 (Foto: Daniela Ortiz/ACSP)

Em 2019, 25 mil peças foram arrecadadas em 133 pontos de coleta, que foram encaminhadas para 58 instituições de apoio às pessoas necessitadas. Em 2020, o resultado foi mais de 42 mil peças arrecadadas e outros R$ 3,5 mil em dinheiro por meio do site da campanha. Para este ano, a expectativa é superar os números de 2020.

"Temos uma campanha tradicional da ACSP e os demais envolvidos se empenham a favor dos menos favorecidos. Olhando o histórico de nossas arrecadações, vemos como a ação vem crescendo ano a ano, resultado de algo tratado com muito carinho e cuidado e com grande significado para nós", diz Alfredo Cotait Neto, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Coordenador do comitê de Novos Serviços e Novos Negócios da ACSP e vice-presidente da ACSP, João Bico de Souza destacou que estamos no momento de maior complicação da crise causada pela pandemia e que essas doações serão entregues num momento de maior fragilidade.

As 15 distritais da ACSP espalhadas pela cidade funcionarão como pontos de coleta de agasalhos e cobertores em bom estado de conservação. Cada uma delas também indicará os estabelecimentos comerciais de suas respectivas regiões que receberão caixas para a coleta das roupas de frio, além das entidades para as quais as peças serão doadas.

No site oficial da campanha é possível escolher o valor a ser doado, que pode ser parcelado em até seis vezes. O montante arrecadado é mostrado em um painel em tempo real. Dirigentes da Facesp também podem propor a extensão da campanha por todo o território paulista e as entidades filiadas que desejarem aderir à campanha serão bem-vindas.






Publicidade






Publicidade









Publicidade