Blogs

ACSP homenageia cônsul-geral do Japão em São Paulo


Yasushi Noguchi deixa o posto ao final de julho. O representante do país asiático recebeu miniatura do Marco da Paz das mãos de Alexandre Ortiz, superintendente da Distrital Centro da ACSP


  Por Redação DC 17 de Julho de 2020 às 15:56

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Após anunciar a volta ao país de origem, o cônsul-geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi, foi homenageado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e presenteado pela entidade com uma miniatura do Marco da Paz.

Noguchi, que está há quase três anos no Brasil, foi comunicado pelo governo japonês que deverá deixar o consulado até o final de julho. Ao informar que deixaria o posto, o cônsul destacou que cumpriu a sua missão de estreitar os laços de amizade entre os dois países.

AMIR MASSIS (ESQ.), COORDENADOR-GERAL DO MARCO DA PAZ, YASUSHI NOGUCHI,
CÔNSUL-GERAL DO JAPÃO, E ALFREDO COTAIT, PRESIDENTE DA ACSP E DA FACESP

Presente ao encontro, Alfredo Cotait Neto, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), destacou a importância das relações comerciais entre Brasil e Japão. Ele disse que a ACSP estará sempre aberta para Noguchi e para as missões empresariais vindas do Japão.  

Segundo Amir Massis, diretor da ACSP e coordenador-geral do Marco da Paz, o encontro também foi uma oportunidade para reforçar a ideia de levar o monumento do Marco da Paz para o Japão, que é previsto para ser instalado no Memorial da Paz da cidade de Hiroshima.

O Marco da Paz é um monumento de promoção da cultura de paz e da união entre os povos. Foi criado em 1999 pelo ítalo-brasileiro Gaetano Brancati Luigi, que viveu na Itália até os 12 anos, e experimentou os horrores da Segunda Guerra Mundial. Ele é assessor especial da presidência da ACSP.

O monumento está presente em 31 localidades, de 26 cidades, em 8 países.