Acontece no Estado

Vendas em Campinas e região ficam positivas em outubro


Alta foi de 2,4% ante igual período de 2018, de acordo com a ACIC, puxada pelo Dia das Crianças e a queda na taxa Selic


  Por Redação Facesp 11 de Novembro de 2019 às 18:19

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


As vendas do varejo de Campinas e Região apresentam recuperação de 4,35% frente a setembro deste ano, bem como recuperação de 2,4% ante a outubro de 2018. Os cálculos são Departamento de Economia da Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), a partir de dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de outubro de 2019.

LEIA MAIS:BF: intenção de compra deve se igualar no on e no offline

Essa melhora foi motivada por dois fatores: a movimentação financeira do Dia das Crianças, que cresceu 2,25% sobre a mesma data em 2018, bem como a queda de 0,50 p.p. da Selic, que promoveu uma pequena redução nos juros do mercado, incentivando os consumidores a comprarem mais a crédito - o que resultou em uma expansão de cerca de 1,90% nas compras a prazo ante 2018.

INADIMPLÊNCIA

A inadimplência em Campinas ficou 1,77% acima em relação ao acumulado do ano (janeiro a outubro) de 2019, apresentando 213.477 carnês /boletos vencidos e não pagos há mais de 60 dias. O montante representa cerca de R$ 153,7 milhões no endividamento dos consumidores de Campinas. 

Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), a inadimplência apresentou 508.879 carnês vencidos e não pagos há mais de 60 dias no período -  o que representa cerca de R$ 366,4 milhões no endividamento dos consumidores da área.

“A expectativa para as vendas do final do ano está em nível de recuperação da economia, e oferece mais credibilidade aos comerciantes nas vendas do final de ano, que devem superar os 4,50% do ano passado”, acredita o economista da ACIC, Laerte Martins. 

FOTO: Thinkstock