Acontece no Estado

União de forças para melhorar a segurança em Piracicaba


Reunião na Acipi teve o objetivo de discutir questões pertinentes à segurança do município, como o uso de drones


  Por FACESP 18 de Agosto de 2017 às 15:31

  | Informações da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


Em reunião ocorrida na quarta-feira (16/08) na Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) representantes das entidades que compõem o Funseg (Fundo de Segurança de Piracicaba) se uniram às forças de segurança da cidade para discutir questões pertinentes à segurança do município.

Segundo o coordenador do Funseg, Euclides Libardi, o encontro serviu para levar às autoridades demandas relacionadas à ordem pública, que foram alertadas às entidades por seus associados. Uma das questões debatidas é a possibilidade de utilizar drones no patrulhamento da cidade. 

“Pensando na coletividade, tratamos em conjunto, entidades coirmãs e forças de segurança, acerca de situações que nos foram alertadas pelos nossos associados”, disse o empresário, que, ainda, afirmou: “não fazemos isso pensando em um ou outro setor, mas no município como um todo”.

SITUAÇÃO DA SEGURANÇA

Segundo o delegado seccional de Piracicaba, João Sérgio Batista, os níveis de criminalidade, em Piracicaba, estão sob controle.

“Mas nós não podemos achar que está tudo bom. Temos que trabalhar para mantê-los, ou até melhorá-los”, disse.

“Como as coisas são muito mutáveis, precisamos estar constantemente conversando, ouvindo as entidades, agindo em conjunto. Por esse motivo, estamos hoje, aqui, conversando para melhorar a segurança do piracicabano”, afirmou o delegado.

De acordo com o major Paulo Roberto Borges, da Polícia Militar, dentre os dados divulgados pela SSP (Secretaria de Segurança Pública), na semana passada, o único número que apresenta aumento foi o dos casos de roubo de veículos.

Com relação aos investimentos, Borjes afirma que o governo do estado vem aplicando recursos na Polícia Militar de Piracicaba.

“Estamos modernizando toda a nossa comunicação e, até o final do mês, todo o nosso Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) será digitalizado e criptografado. Esperamos, para o próximo mês, 14 viaturas novas”, afirmou.

O FUNSEG

O Funseg foi criado em 2006 e tem a missão de dar apoio financeiro às forças de segurança da cidade.

“Há situações de necessidade imediata, que não podem esperar a burocracia de uma licitação, que pode demorar a sair. Por isso, as entidades se unem e, por meio do Funseg, podem amparar as forças de segurança na compra de um equipamento, ou numa reparação de infraestrutura, como foi o caso da reforma do Plantão Policial, que foi a última ação, realizada pelo Funseg recentemente”, explicou o presidente da Acipi, Paulo Roberto Checoli.

Segundo Checoli, a reversão das contribuições segue uma linha de prioridades, que são elencadas pelos próprios órgãos de segurança.

“Não se trata apenas de compras de equipamentos, ou de infraestrutura, mas também de apoio logístico, ou mesmo de capacitações, como por exemplo: treinamentos táticos, que os agentes necessitem”, disse Checoli.

“Percebemos a necessidade de um drone, que poderá servir para situações, como: um sinistro, um incêndio, um estudo de áreas, etc., e que poderá ser usado em conjunto pelas corporações. Então, já estamos iniciando um trabalho de entendimento para aquisição desse equipamento para o município”.

O Funseg é formado pelas entidades: Acipi, Ciesp, CDL, Sincomércio, Simespi, Coplacana, Sicoob Cocre, Afocapi e Sindicato Rural de Piracicaba.