Acontece no Estado

Programa Brasil Mais Produtivo


Empresas de Batatais participam do programa


  Por Redação Facesp 17 de Março de 2017 às 00:00

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


Por intermédio de uma iniciativa do Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços (MDIC) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), visando a melhoria da produtividade da indústria brasileira, desde o ano passado está sendo desenvolvido o Programa Brasil Mais Produtivo, que é um trabalho junto às empresas de pequeno e médio porte com o objetivo de aumentar em pelo menos 20% a produtividade no setor de aplicação das ferramentas Lean. O conceito baseia-se na redução dos sete tipos de desperdícios (superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimentação e defeitos).

Em Batatais, no ano passado, por meio da parceria entre a ACE Batatais e o SENAI, sete empresas participaram do Brasil Mais Produtivo, que apresentaram resultados superiores aos definidos pelo programa. Este ano o SENAI de Ribeirão Preto teve somente 10 vagas em toda a região para o segmento metal mecânico para empresas com 11 a 200 funcionários. No Estado de São Paulo serão atendidas 360 empresas divididas nos segmentos de metal mecânico, alimentos, calçados e madeira/mobiliário. 

Mais uma vez, através da parceria entre a ACE e Senai, Batatais contou com o interesse de quatro empresas que passaram por um processo de analise para participar do Programa. Os trabalhos de diagnósticos já iniciaram e duas empresas já estão inscritas. A implantação deve ocorrer a partir de agosto deste ano. 

O diretor da ACE, Gino Belon, que esteve em visita recente ao SENAI de Ribeirão Preto, juntamente com o gerente executivo da ACE, Luiz Carlos Figueiredo, vê a participação das empresas batataenses com alto índice de participação, tendo em vista que a região de Ribeirão Preto conta somente com 10 vagas, das quais quatro ficaram para Batatais. 

A direção da ACE Batatais, por intermédio do presidente, José Eduardo Latuf Dau, pleiteia a participação das empresas de Batatais no segmento de vestuário, tendo em vista o grande número de empresas do setor em na cidade. Segundo a coordenadora do Senai, Maria Helena Alecrim de Freitas, a extensão do programa ao setor de vestuário deve ser efetuada através de parcerias entre o MDIC, o Sebrae e SENAI ainda neste semestre.