Acontece no Estado

Prêmio Tarsila do Amaral valoriza o empreendedorismo feminino


As vencedoras deste ano poderão ganhar R$ 3 mil e bolsas na Faculdade do Comércio. Inscrições para o prêmio estão abertas


  Por Redação Facesp 20 de Novembro de 2020 às 18:06

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


O Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai premiar empreendedoras de todo o País que inovaram e hoje se destacam profissionalmente pela forma de administrar seus negócios, com foco na transformação social.

A categoria Empreendedora Revelação 2020 foi criada neste ano, dentro do prêmio Tarsila do Amaral, para reconhecer o trabalho de micro, pequenas e médias empresárias que querem contar suas histórias de sucesso.

Os cinco maiores destaques, segundo avaliação de um júri composto por organizadores do evento e também por votação popular, vão ganhar de R$ 400 a R$ 3 mil e bolsas de estudos de até 100% na Faculdade do Comércio, mantida pela ACSP e Facesp. Trata-se da única instituição de ensino do Brasil com foco total para o setor do varejo.

As inscrições no prêmio Tarsila do Amaral podem ser feitas por meio do site do CMEM.

O prêmio foi criado no ano passado para homenagear trabalhos de mulheres conectados diretamente à cultura e ao empreendedorismo.

Em 2019, foram contempladas com três réplicas da obra Abapuru (1928), uma das principais pinturas a óleo de Tarsila que retrata o período antropofágico do movimento modernista brasileiro: Beatriz Mendes Gonçalves Pimenta Camargo, primeira mulher a presidir o Museu de Arte de São Paulo (MASP); Luiza Helena Trajano, administradora da rede varejista Magazine Luiza; e Eva Wilma, consagrada atriz e bailarina brasileira.

Em dezembro, serão homenageadas Nina Silva, uma das fundadoras do movimento Black Money; Mônica Monteiro, que acaba de assumir a diretoria executiva de todos os canais pagos do Grupo Bandeirantes; Fernanda Feitosa, diretora e fundadora do Festival Internacional de Arte de São Paulo (SP Arte); Andreza Chagas, criadora de marca própria de jeans-wear; e Ilana Trombkla, cofundadora da Frente Parlamentar do Programa Antártico Brasileiro.

O prêmio Tarsila do Amaral deste ano, além de reconhecer o trabalho destas cinco importantes personalidades do universo feminino, agora também incentiva com prêmios as mulheres a crescerem cada vez mais no trabalho, com o Empreendedora Revelação 2020.

As vencedoras desta categoria serão divulgadas, em cerimônia virtual transmitida por meio do aplicativo Zoom, no dia 15 de dezembro.  

“Nós trabalhamos para estimular a mulher a empreender, a inovar e a melhorar a cada dia a gestão de seu próprio negócio”, afirmou Ana Cláudia Badra Cotait, presidente do CMEC.

HISTÓRIA DO PRÊMIO

Em 2019, a presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura, Ana Cláudia Cotait, procurou a sobrinha-neta da artista modernista e coordenadora dos projetos ligados à pintora, Tarsilinha do Amaral, para falar sobre a iniciativa da ACSP e da Facesp.

A empresária, então, cedeu a chancela do prêmio às entidades ligadas ao setor do varejo.

“É uma honra podermos dar este incentivo em prol do fomento da cultura e do empreendedorismo feminino, pois a cultura, quando associada ao empreendedorismo, promove as pessoas, amplia os negócios e consolida a cidadania”, diz Ana Cláudia.





Publicidade






Publicidade





Publicidade