Acontece no Estado

Índice de Confiança no Varejo de Piracicaba tem alta em setembro


Os segmentos que apresentaram maiores altas foram os de vestuário e higiene e cuidados especiais


  Por Redação Facesp 15 de Outubro de 2017 às 18:09

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


O ICV-P (Índice de Confiança no Varejo de Piracicaba) correspondente a setembro subiu 3,72% na comparação com o mês anterior, passando de 101,96 pontos para 105,75.

Um dos subíndices, o ICF (Índice de Confiança Futura), acompanhou a tendência de crescimento do índice geral, apresentando alta de 3,80%, assim como o ICA (Índice de Confiança Atual), que também variou positivamente: 7,74%.

O levantamento é realizado pela Ejea/Esalq (Empresa Junior de Economia e Administração), em parceria com a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).

SEGMENTOS

Os setores que apresentaram maiores altas no ICV-P foram o de Vestuário, com elevação de 7,90%, e Higiene e Cuidados Especiais, que cresceu 17,23%.

Os resultados dos segmentos de Alimentação e Habitação também demonstraram bom desempenho, mantendo estabilidade no período, apresentando leve crescimento, de 0,83%, e pequena variação negativa, de 0,07%, respectivamente.

Para Paulo Roberto Checoli, presidente da Acipi, esses números caracterizam um cenário economicamente mais favorável, resultado da recuperação do mercado de trabalho em Piracicaba e do comportamento da inflação.

“A recorrente desaceleração da inflação, os juros mais baixos e, mais especificamente, a recuperação do mercado de trabalho local, em ascensão, podem ter sido dois dos fatores que colaboraram para o ambiente mais otimista”, diz Checoli.

Ainda segundo ele, outro ponto relevante, que pode ser um reflexo da retomada da confiança do consumidor, diz respeito aos números da inadimplência em Piracicaba, divulgados mensalmente pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), em parceria com a Acipi.

“Os dados vêm apresentando equilíbrio, o que mostra que o consumidor está buscando a recuperação creditícia e procurando evitar o endividamento”, afirma Checoli.

SOBRE O ICV-P

O indicador tem o objetivo de divulgar aos empresários, setor público e sociedade as expectativas dos lojistas em relação à economia regional, ao segmento em que atuam e às suas próprias empresas.

O cálculo do índice passou por mudanças em sua metodologia e, para uma análise mais elaborada sobre o setor varejista de Piracicaba, a pesquisa passou a apurar de maneira geral e segmentada as expectativas dos empresários.

IMAGEM: Thinkstock