Acontece no Estado

Facesp se estrutura para oferecer serviços com tecnologia 5G


Parceria da entidade com a Tempo Telecom prevê o fornecimento de celular corporativo adaptado a essa tecnologia


  Por Cleber Lazo  07 de Maio de 2021 às 14:48

  | Repórter Facesp cleber.lazo@facesp.com.br


A chegada da tecnologia 5G no Brasil e as novidades da parceria entre a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e a Tempo Telecom farão com que as associações comerciais se transformem em polos de soluções em comunicação móvel, com maior integração entre equipamentos e aplicações.

O 5G vai permitir que mais dispositivos acessem a internet móvel ao mesmo tempo. O novo sistema também promoverá mais velocidade, maior capacidade de banda larga e maior conectividade entre dispositivos, com menor tempo de resposta. E os associados das associações comerciais encontrarão tudo o que houver de melhor no 5G por meio do ACCelular.

A nova tecnologia vai ampliar o uso da robótica, da inteligência artificial e, assim, ajudar a reduzir custos, desperdícios e até mesmo evitar acidentes de trabalho. A tecnologia promete ser até 100 vezes mais rápida do que a atual.

E o mais importante deste salto tecnológico é que as associações comerciais e os empreendedores que fazem parte do sistema associativista acompanharão estes avanços. Facesp e Tempo Telecom já se prepararam para oferecer um ACCelular alinhado a esta nova realidade.

“Já iniciamos a transformação para uma grande plataforma digital, que proporcionará a inclusão de inúmeros outros sistemas indo desde informações locais e detalhadas a portais de compras e vendas, entre tantos outros serviços que a tecnologia nos proporcionará”, afirmou Luís Miguel Mendes, CEO da Tempo Telecom.

O presidente da Facesp, Alfredo Cotait Neto, acredita que as associações comerciais terão grande destaque neste mercado. Na avaliação de Cotait, além de passarem a oferecer diversas soluções em comunicação móvel, as ACs continuarão a colocar à disposição dos associados a proximidade física, o relacionamento e a transparência em níveis muito superiores a outros segmentos. “Seguiremos com a facilidade, a integração e a economia que o ACCelular vem gerando ao longo dos últimos anos”, afirmou.

“Por meio da capilaridade da rede Facesp, conseguiremos fazer com que a operação do ACCelular mantenha um relacionamento pessoal em localidades que até as próprias operadoras têm dificuldades em manter presença, com isto, conseguimos ser um agregador apoiando as grandes empresas a estarem presentes em todas as localidades, porém, sem os corriqueiros problemas apresentados quando não existem associações comerciais intermediando e solucionando as demandas empresariais”, avaliou Roberto Mateus Ordine, vice-presidente da Facesp.

José Olival Moreira de Almeida, assessor da Superintendência Geral da Facesp e gestor do ACCelular, ressalta que antes desta revolução tecnológica, as associações poderiam focar cada vez mais na oferta do serviço, como forma de consolidar a marca.

“Em breve as associações vão participar desta revolução do negócio de comunicação móvel, por isso, todo esforço nesta fase transitória nos colocará em uma posição de ainda mais destaque na hora de virar a chave”, frisou.

LEILÃO DE 5G

O Governo Federal deverá promover o leilão da tecnologia 5G ainda neste ano. Na licitação, serão ofertadas quatro faixas de radiofrequências: 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. Essas faixas funcionam como uma espécie de “rodovia no ar”, por meio de ondas eletromagnéticas, responsáveis pelas transmissões de TV, rádio e internet.

O edital do leilão das faixas de radiofrequências para a prestação no Brasil de serviços de telecomunicações por meio de 5G, já aprovado pela Anatel, está em análise pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

As empresas vencedoras do leilão se comprometerão a fazer uma série de investimentos na área de comunicações. Terão, por exemplo, de atender com tecnologia 4G ou superior a áreas pouco ou não servidas, com mais de 600 habitantes, como localidades e estradas.

Para os municípios com mais de 30 mil habitantes, segundo a Anatel, estão previstos compromissos de atendimento já com tecnologia 5G.

 

IMAGEM: Pixabay






Publicidade







Publicidade









Publicidade