Acontece no Estado

"Empresas não devem ficar imóveis ou podem desaparecer”


Falando sobre a importância de mudar e se transformar, o historiador Leandro Karnal foi uma das grandes atrações do segundo dia do 19º Congresso da Facesp


  Por Redação Facesp 01 de Novembro de 2019 às 07:00

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


“As empresas não devem ficar imóveis ou correm o risco de desaparecer”, afirmou o professor e historiador Leandro Karnal, uma das grandes atrações do segundo dia do 19ª Congresso da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Para um auditório lotado, Karnal, um dos grandes pensadores contemporâneos, disse que “a atual realidade do mundo é a mudança”. “Quem não se transforma, fica para trás”, disse.

LEIA MAIS:O desafio das empresas é estar à frente dos clientes

“Vivemos um mundo que está em constante mudanças. As relações mudaram. Os paradigmas mudaram”, ponderou. “Do que adianta conquistarmos um troféu de melhor empresa em um ano? A Varig também ganhou vários prêmios e dominou o mercado. Hoje, está falida”, alertou Karnal. “Até o sucesso precisa estar em constante atualização”, destacou.

Karnal também afirmou que, mesmo que a mudança seja extremamente necessária, “a resistência é um hábito e uma atitude automática do cérebro”. “O medo da mudança não é ruim. As pessoas muito ousadas morrem rápido, por isso, o medo deve ser ouvido, respeitado, porém, o inimigo a ser enfrentado é a zona de conforto”, destacou.

“O que é um bom emprego? Um bom casamento? Uma boa escola? Não temos mais certeza. Antes, um comerciante de bala simpático era sucesso de vendas, hoje, o vendedor que vende bala precisa entender da indústria chinesa”, comparou. “Não existe mais Departamento Pessoal (DP), agora é Recursos Humanos. Precisa entender de relações pessoais e não mais de controle de ponto. Hoje, qualquer pessoa das novas gerações não foca em um mesmo emprego. Não existe mais fidelidade. Aliás, ficar mais de cinco anos em um mesmo posto de trabalho é considerado sinônimo de involução”, finalizou.

O 19º Congresso da Facesp é realizado no Tauá Hotel Atibaia e segue até sexta-feira (01/11). Mais informações: www.congressofacesp.com.br.

FOTO: Danielle Pessanha