Acontece no Estado

Desempenho da indústria de veículos e autopeças eleva nível de emprego no Alto Tietê


Região completa, em agosto, o sexto mês consecutivo com saldo positivo na geração de trabalho e permanece entre os 15 melhores resultados do Estado de São Paulo


  Por Redação Facesp 14 de Setembro de 2017 às 08:02

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


O nível de emprego industrial na Diretoria Alto Tietê do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) fechou o mês de agosto/2017 no campo positivo. A variação foi de 0,11%, impulsionada principalmente pelo desempenho do setor de Veículos Automotores e Autopeças, que foi o que mais influenciou o resultado da Região, como aponta pesquisa divulgada nesta segunda-feira (11) pelo CIESP.

Esse foi o sexto mês consecutivo de saldo positivo no nível de emprego industrial no Alto Tietê. Em agosto, foram gerados aproximadamente 50 novos postos de trabalho, o que elevou o acumulado no ano para 1,21%, o que corresponde a cerca de 700 empregos criados.

O desempenho da indústria em agosto mantém o Alto Tietê no grupo das 15 regiões do Estado que contabilizaram saldo positivo no último mês, enquanto as outras 21 apresentaram indicadores negativos. A média do Estado de São Paulo foi a mesma do Alto Tietê, porém, no negativo (-0,11%).

“A indústria do Alto Tietê vem apresentando uma reação lenta, mas contínua no nível de emprego. Um saldo de 50 empregos num mês, numa região que tem 2 mil indústrias, pode parecer, a princípio, muito pouco. Mas tem permitido diminuir o acumulado, que já caiu para 250 nos últimos 12 meses. Nesse mesmo período do ano passado, a indústria da Região apresentava nível de emprego de -0,96% e tinha um saldo acumulado de quase -8,00%, o que correspondia a uma retração de 4.700 postos de trabalho”, avalia José Francisco Caseiro, diretor do CIESP Alto Tietê.

“Não é a sétima maravilha, porém, a indústria da Região tem conseguido apresentar uma reação contínua”, acrescenta.

O resultado de agosto do nível de emprego industrial do Alto Tietê foi alavancado principalmente pelo desempenho positivo dos setores de Veículos Automotores e Autopeças (1,12%); Produtos de Borracha e de Material Plástico (0,60%), Produtos de Minerais Não-Metálicos (0,11%) e Máquinas, Aparelhos e Materiais Elétricos (0,47%).

“A diversidade da indústria regional tem favorecido os resultados do Alto Tietê frente a outras regiões e tem permitido um equilíbrio melhor da balança, mesmo com alguns setores ainda com dificuldades de recuperação, enquanto outros, como é o caso de Veículos Automotores e Autopeças, melhoram seu desempenho influenciados pela reação do mercado. Agosto teve a melhor venda de veículos em 20 meses e isso reflete diretamente no desempenho da cadeia produtiva dessa indústria”, ressalta o diretor do CIESP Alto Tietê.

A tabela abaixo mostra o comportamento setorial da indústria da Região nos meses de agosto de 2016 e 2017, assim como os acumulados no ano e em 12 meses:

1_

Quando comparados os meses de agosto dos anos de 2016 e 2017, o cenário é melhor, conforme mostra o gráfico abaixo, com dados de 2006 a 2017:

4

O gráfico abaixo mostra o desempenho das variações mensais da Diretoria Alto Tietê no período de agosto/2015 a agosto/2017:

3_