Acontece no Estado

Associação Comercial de Mogi das Cruzes terá nova sede no bairro Nova Mogilar


Em reunião com comerciantes, prefeito Marco Bertaiolli anuncia doação de terreno para entidade


  Por FACESP 15 de Dezembro de 2015 às 00:00

  | Informações da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


A Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) terá uma nova sede no Bairro Nova Mogilar. A futura estrutura será construída num terreno de 500 metros quadrados, a ser doado pela Prefeitura. 

Convidado para participar da última reunião da diretoria da entidade, na última terça-feira (01/12), o prefeito Marco Bertaiolli (PSD) entregou à presidente Tânia Fukusen Varjão cópia do Projeto de Lei encaminhado para aprovação da Câmara Municipal e que oficializa a doação do imóvel. A construção do prédio terá início ainda em 2016 e a expectativa é de que seja inaugurado no prazo de até dois anos.

“A construção de uma nova sede, num local mais acessível e que comporte uma estrutura maior de serviços, é um sonho antigo da Associação Comercial e vamos propiciar isso numa área que tem se configurado como um importante polo de desenvolvimento, entre a Avenida Cívica e a Yoshiteru Onishi”, ressalta o prefeito Marco Bertaiolli.

O terreno a ser doado pela Prefeitura está localizado numa faixa entre o Condomínio Espanha e o Makro. O imóvel da Associação Comercial terá frente para a Avenida Yoshiteru Onishi. Outros 500 metros quadrados, de frente para a Avenida Cívica, serão destinados para a construção da sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae-SP). Com as duas entidades ali instaladas, a proposta é criar no local um centro de atendimento empresarial.

“Vamos finalizar o projeto arquitetônico e, assim que a doação for oficializada, vamos iniciar as tratativas para a construção da nova sede. Ela será muito importante para o atendimento dos associados e para as ações que visam fomentar o empreendedorismo”, destaca a presidente da ACMC. “Há muito tempo estamos batalhando por isso, visto que o prédio atual, no Centro da Cidade, é antigo e apresenta necessidades urgentes de reformas estruturais. Além disso, já não comporta a demanda de serviços e produtos que temos a oferecer. Então, essa doação veio em boa hora”, acrescenta Tânia Fukusen.

O projeto da nova sede da ACMC vai contemplar um prédio com arquitetura moderna e funcional, e estrutura destinada para os eventos, cursos e palestras que a entidade disponibiliza, assim como salas de atendimento nos diversos serviços oferecidos, amplo auditório e área de convivência.