Acontece no Estado

Alunos da Escola de Negócios da Acipi estão aptos para o mercado de trabalho


Mais de 250 profissionais receberão o certificado de conclusão até o início de 2016


  Por FACESP 11 de Dezembro de 2015 às 00:00

  | Informações da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


O trabalho conjunto realizado pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, por meio da Semtre (Secretaria Municipal de Trabalho e Renda), e a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), com a chancela da Escola de Negócios, está dando frutos. Os alunos das primeiras turmas de capacitação concluíram os cursos em novembro e dezembro e estão prontos para atuar no mercado de trabalho.

Os grupos de ajudante de cozinha, atendimento ao cliente, condutor de veículos de transporte de produtos perigosos, operador de caixa, panificação e técnica de vendas no varejo já encerraram as aulas e, agora, podem contar com mais essa experiência no currículo.

Até fevereiro de 2016, todas as turmas, incluindo almoxarife, auxiliar de manutenção predial, confeiteiro e cozinheiro geral, receberão os certificados de conclusão do curso. Ao todo serão 252 profissionais devidamente qualificados para atender às necessidades do mercado de trabalho, cada vez mais competitivo e seletivo.

“Apesar de o Brasil, de modo geral, estar passando por um sério momento de instabilidade econômica, oportunidades como essa são importantes para que o trabalhador, que perdeu seu emprego, possa se recolocar profissionalmente ou para o jovem que vai iniciar a sua vida profissional possa estar qualificado para enfrentar os desafios da nova fase”, afirma Paulo Roberto Checoli, presidente da Acipi. 

O secretário de Trabalho de Renda, Sérgio Fortuoso, reafirma o objetivo da iniciativa: “Esse é o papel do poder público. A oportunidade está sendo oferecida para todos: homens, mulheres, jovens e adultos, inclusive aos cidadãos com necessidades especiais. Procuramos por parceiros que tenham essa mesma visão, como a Acipi. Além disso, para oferecer aulas com um conteúdo de qualidade, compatível à atual realidade do mercado de trabalho, contamos com profissionais de instituições renomadas, como o Senac, a Fumep, Sest Senat e a Unimep”.

“É preciso salientar, também, o papel do poder público neste projeto que, mesmo em um momento em que outros recursos faltam, o prefeito Gabriel Ferrato destinou uma verba de R$ 800 mil, ao lado da Acipi, que contribuiu com R$ 80 mil. Além disso, a iniciativa, aprovada pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, tem o importante apoio do ComEmprego (Comissão Municipal de Emprego de Piracicaba) e de sindicatos patronais. Esses, devem trabalhar para a colocação destes profissionais no mercado de trabalho”, finaliza Fortuoso.

O convênio entre Semtre e Acipi foi fundamentado pela Lei Municipal nº 8.141/2014, com o objetivo de oferecer cursos de qualificação e requalificação profissional gratuitos à população piracicabana. Do total de inscrições, 10% foram destinadas aos interessados com algum tipo de deficiência.

“A Acipi, enquanto uma entidade em atividade desde 1933, sempre teve como máxima de atuação promover o avanço não só da classe empresarial, mas também dos trabalhadores. E apoiar iniciativas como esta mostra que um dos mais importantes pilares de base da associação, a educação em prol do desenvolvimento, está sendo mantido com sucesso”, completa Checoli.

As aulas tiveram início em novembro deste ano e os demais cursos seguem até fevereiro de 2016.