Acontece no Estado

Acim promove o verde, rosa e azul em sinal de alerta


José Augusto Gomes, superintendente da Acim, no planejamento de campanhas sociais específicas


  Por Redação Facesp 25 de Outubro de 2016 às 00:00

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


Depois de estimular a campanha de doação de órgãos, utilizando a cor verde como símbolo da campanha, a Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, está estimulando este mês a campanha de prevenção contra o câncer de mama, utilizando a cor rosa como destaque. Mês que vem, será a vez da campanha contra o câncer de próstata, que terá a cor azul como referência. “Temos esta responsabilidade social de colaborar com as campanhas de prevenção contra as doenças”, disse o superintendente da associação comercial local, José Augusto Gomes, ao elaborar uma ação efetiva junto ao quadro de funcionários e de associados neste sentido. “Alertar é a melhor armar contra a doença”, acredita.

Por ser uma entidade associativa, José Augusto Gomes, defende que a entidade que atende centenas de pessoas ao dia, diante dos serviços que presta para a classe empresarial e a comunidade em geral, tem o dever de fortalecer as campanhas com este propósito. “Não temos muitas alternativas de ajudar, mas temos a força de participar”, falou ao lembrar do envolvimento da entidade em inúmeras campanhas sociais, principalmente em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Município. “Nossos recursos financeiros para esta área não são muitos, e desta maneira a diretoria prefere concentrar numa instituição genérica como é o caso do Fundo Social”, justificou o posicionamento da entidade. “A diretoria acredita que o Fundo Social sintetiza esse trabalho social na cidade, diante da forma tímida que podemos participar financeiramente”, comentou.

As campanhas concentradas como: Setembro verde, Outubro Rosa e Novembro Azul, na opinião do superintendente da Acim são campanhas de fortalecimento, ou seja, se cada entidade fizer o alerta, a ação ganha força e a comunidade passa a interagir e se proteger. “No mês passado reforçamos a importância da doação de órgãos, e agora estamos alertando a importância dos exames preventivos contra o câncer de mama”, apontou. “Mês que vem vamos alertar sobre a importância dos exames na próstata”, acrescentou ao incluir na sequencia as campanhas de alerta visando as vendas do Natal. “Neste caso passamos para os alertas de segurança, o Natal sem fome, e os cuidados com o consumidor, com o comerciário e com o comerciante”, reforçou o dirigente que cria mecanismos de envolvimento da entidade, diante das decisões da diretoria. “Uma vez decidida que vamos participar, junto com os funcionários discutimos a melhor maneira de realizar a campanha”, explicou.

Para José Augusto Gomes esse tipo de promoção é bem vinda na entidade que tem uma função social importante. “A Acim é da comunidade e por estar inserida na sociedade de forma implícita, tem obrigação de colaborar neste tipo de campanha”, defende o dirigente que se coloca a disposição de outras organizações para campanhas neste porte. “Utilizar a imagem da entidade para ajudar numa campanha social é algo que podemos e temos como ajudar”, disse. “Acredito que todas as entidades de grande representação social também fazem o mesmo, e nós não faríamos diferente”, concluiu o dirigente ao colocar no calendário de atividades internas da entidade campanhas como estas para serem desenvolvidas automaticamente.