Acontece no Estado

Acim promove animação no centro comercial


Grupo criado pela Acim passou pelo calçadão da Rua São Luiz, descontraindo os consumidores, lojistas e comerciários


  Por Redação Facesp 23 de Dezembro de 2016 às 00:00

  | Das equipes de comunicação de entidades membros da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


Um grupo com mais de 20 pessoas foi criado pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, fantasiados de “Papai Noel”, animou a noite da última quarta-feira, dia 21, quando eles passaram pelo calçadão da Rua São Luiz no centro comercial da cidade, distribuindo balas, tirando fotos com crianças e adultos e interagindo com os consumidores durante a noite. “Uma prática que se repede há muitos anos e que é bem divertida”, disse o presidente da associação comercial local, Libânio Victor Nunes de Oliveira, ao formar o grupo que nos últimos anos tem descontraído e chamado muita atenção do segmento infantil.

De acordo com o dirigente mariliense a proposta é fazer com que os consumidores que estiverem circulando entre as seis quadras do principal corredor comercial do centro da cidade, se surpreendam com o grupo fantasiado. “Causa um impacto muito gostoso e todos se divertem”, disse Libânio Victor Nunes de Oliveira que mantém a tradição da associação comercial. “Começamos com um e atualmente somos dezenas deles que distribuem doces e as crianças e adultos adoram”, recordou o diretor da entidade, João Gonçalves, que participa anualmente da animação. “Já saímos em carros do corpo de bombeiros, da polícia, caminhão e hoje vamos caminhando pelas calçadas”, disse José Augusto Gomes, superintendente da Acim, que também é um dos fantasiados.

Para o médico Ricardo Komatsu, que participou pela primeira vez, é uma sensação muito boa e que vale a pena. “É gostoso receber o carinho das crianças e dos idosos, quando se deparam com a figura do Papai Noel”, disse o profissional da área da medicina. “O brilho nos olhos das crianças foi o que mais me chamou a atenção”, reforçou o policial militar, Mário Sérgio Nonato, que também esteve fazendo parte do grupo pela primeira vez. “É impressionante como todos gostam de receber uma bala, de tirar uma foto e desejar um feliz Natal”, completou o empresário Alexandre Costa Santiago que também esteve fazendo parte do grupo fantasiado pela primeira vez. “As pessoas, sejam criança ou adulta, são bem receptivas e se alegram com a figura do Papai Noel”, constatou o publicitário Ivan Rodrigues, convidado pela primeira vez para fazer parte do grupo.

Durante pouco mais de uma hora o grupo criado pela associação comercial evitou entrar nas lojas, bem como aglomerar pessoas nas calçadas. Um carro de som acompanhou o grupo, informando se tratar de uma iniciativa da associação comercial mariliense. “Entregamos balas para os que passavam a pé ou de carro, no calçadão”, apontou José Luis Leite, diretor da ACI de Marília ao lembrar a abertura das lojas até as 22 horas, até o dia 23, sexta-feira, quando então no sábado, dia 24, o funcionamento será até as 17 horas, e na segunda-feira, dia 26, somente no período das 12 as 18 horas. “Dia 27, terça-feira, o funcionamento passa ao horário habitual das 8 as 18 horas”, ressaltou Libânio Victor Nunes de Oliveira, satisfeito com a iniciativa realizada.