São Paulo, 23 de Junho de 2017

Para o economista Affonso Celso Pastore, ex-presidente do Banco Central, antes disso será necessário avaliar indicadores como o das vendas reais do comércio

comentários

Economistas da Associação Comercial de São Paulo avaliam que a tendência é de continuidade da recuperação, mas a velocidade será determinada pela aprovação de reformas importantes para o país

comentários

A previsão do economista Delfim Netto é que a expansão fique entre 0,2% e 0,4% este ano. Já a taxa Selic deve ficar próxima a 8%

comentários

Superávit de janeiro a maio é o maior para o período desde o início da série histórica, em 1989

comentários

Especialistas explicam que a recuperação depende de resultados mais consistentes, que não estejam calcados em apenas um setor, como o agronegócio

comentários

“Ainda há um caminho a ser percorrido para alcançarmos a plena recuperação econômica, mas estamos na direção correta”, afirma Henrique Meirelles, ministro da Fazenda

comentários

Para o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Loyola, há uma retração das expectativas, com o aumento da incerteza sobre o futuro do governo Temer, e os investimentos devem ser prejudicados

comentários

O país está à frente somente da Mongólia e da Venezuela na lista de 63 nações do ranking anual do instituto IMD, em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC)

comentários

Comitê de Política Monetária do Banco Central avalia que o comportamento da inflação permanece favorável, mas será necessário acompanhar possíveis impactos do aumento da incerteza

comentários

O índice registrou queda de 2,7% em comparação com abril. Há também maior pessimismo em relação ao desemprego e à projeção de renda pessoal

comentários

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11