São Paulo, 03 de Dezembro de 2016

É muito mais fácil realizar ajustes por meio da depreciação da moeda do que pela deflação

comentários

Guerras santas, ontem e hoje

comentários

A China é grande, mas ainda tem controle de capitais, o que significa que sua moeda não é negociada livremente como as demais moedas importantes da cesta do Fundo

comentários

Em xeque, o argumento de que a fragilidade deles é o principal obstáculo à recuperação da Europa

comentários

A pergunta que devemos fazer é se a indisciplina fiscal causada pelos jihadistas fará alguma diferença significativa no desempenho econômico da França

comentários

A ideia de que a Europa pudesse ser capaz de atingir um tipo de flexibilidade que não havia em parte alguma do mundo era simplesmente implausível

comentários

Ben Bernanke, presidente do Fed, o banco central americano, ainda tem de se defender de críticas que não fazem o menor sentido

comentários

O efeito geral da desilusão coletiva dos mercados emergentes foi uma virada global de efeito contracionista

comentários

O país combinou impostos elevados e fortes benefícios sociais com níveis sólidos de emprego e produtividade elevada

comentários

Em 2008, os bancos centrais fizeram de tudo para que os mercados não deixassem de funcionar, ao passo que nos anos 30 eles assistiram imóveis ao colapso do sistema financeiro

comentários

1 2 3 4 5 6 7