São Paulo, 27 de Junho de 2017

/ Vida e Estilo

Macron e Le Pen disputam segundo turno na França, mostram projeções
Imprimir

Pesquisas indicam vitória do candidato centrista. Candidatos derrotados anunciam apoio a Macron

O liberal Emmanuel Macron e a candidata de extrema-direita Marine Le Pen vão disputar o segundo turno das eleições presidenciais na França, segundo apontam pesquisas de boca de urna divulgadas após o encerramento da votação. 

De acordo com levantamento da consultoria Ipsos, Macron obteve 23,7% dos votos e Le Pen 21,7%. 

 

A votação do segundo turno está marcada para 7 de maio. O conservador  Francois Fillon e o esquerdista Jean-Luc Mélenchon, que de acordo com as pesquisas eleitorais também tinham chance de ir ao segundo turno, ficaram empatadas com 19,5% dos votos, segundo pesquisa divulgada pelo jornal francês Le Monde. O socialista Benoit Hamon obteve 6,2% dos votos. 

Aos 39 anos, Macron ex-ministro da Economia, espera tornar-se o presidente mais jovem do país. Uma de suas propostas eleitorais pretende acabar com o regime especial de aposentadoria que privilegia o funcionalismo público. Ele é um forte defensor da União Européia.

Enquanto tenta ser a primeira mulher a alcançar o posto de chefe de Estado na França, a líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, prega medidas coercitivas para inibir a imigração. Nacionalista, quer a saída da França da UE e da Otan.

COMPARECIMENTO

De acordo com resultados preliminares, quase  70% dos eleitores franceses já tinham votado, na que pode ser a eleição mais disputada da história recente da França.

Imagem: ThinkStock



O ministro Marcos Pereira, do Comércio Exterior, tenta convencer a Europa a aumentar a cota de importação de carne brasileira

comentários

Marine Le Pen, a adversária derrotada no domingo, queria retirar a França da União Europeia -o que provocaria uma fratura irrecuperável nos mecanismos de integração dos mercados

comentários

Em discurso logo após o fechamento das urnas, disse que vai trabalhar pela unidade do país

comentários