São Paulo, 20 de Janeiro de 2017

/ Vida e Estilo

As 30 empreendedoras mais ricas dos Estados Unidos, segundo a Forbes
Imprimir

Essas personalidades foram escolhidas por terem empreendido no mundo dos negócios ou dentro da própria carreira, mas com um diferencial – cresceram por mérito próprio

Self made, sejam homens ou mulheres, são aquelas pessoas que cresceram profissionalmente sem um empurrãozinho da família ou de algum padrinho poderoso. Trata-se daqueles que empreenderam no universo dos novos negócios ou na própria carreira e avançaram por méritos próprios.

A apresentadora Oprah Winfrey ou a COO do Facebook Sheryl Sandberg são exemplos das chamadas self made women e, além de trajetória de sucesso, elas têm algo em comum: são bilionárias. Seguindo sua tradição de listas dos ricaços de todo o mundo, a revista Forbes de junho listou as mulheres mais ricas dos Estados Unidos que cresceram profissionalmente – e financeiramente – sem precisar do suporte de ninguém. 

Veja, na galeria acima, quem são as 30 self made women mais ricas dos Estados Unidos.



Inscrições para o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios começam nesta sexta-feira (20/01)

comentários

Ativas, independentes e antenadas, as mulheres maduras representam uma nova força no mundo do consumo. Por que a publicidade e o marketing ainda não conseguem enxergá-las?

comentários

Enquanto outros países correm para mudar as condições que prejudicam a vida profissional feminina, o Brasil assiste parado aos prejuízos causados pelo excesso de tarefas das mulheres e a desigualdade salarial

comentários