Opinião

Sustentabilidade: o prêmio para seu produto


Compromisso social, ambiental e econômico será decisivo no momento da compra, segundo um novo estudo


  Por O que vem por aí 11 de Novembro de 2015 às 16:27

  | O jornalista Rodolfo Araújo, diretor de Conhecimento e Pesquisa da Edelman Significa, decifra as tendências que irão marcar o mundo dos negócios


A sustentabilidade será cada vez mais decisiva no desempenho comercial das marcas, de acordo com estudo recente desenvolvido pela consultoria de pesquisa Nielsen.

O levantamento, realizado por meio de questionários online em 60 países junto a 30 mil consumidores, é combinado com dados reais de vendas e uma análise aprofundada sobre estratégias de marketing que demonstram o compromisso de determinadas marcas quanto ao tema.

Quando se pensa em decisão de compra, confiança é o fator preponderante para 62% dos respondentes, enquanto o uso de ingredientes orgânicos (57%),  responsabilidade ambiental (45%), foco social (43%), embalagens verdes e comprometimento com comunidades (41% cada) mostram-se como elementos progressivamente determinantes para a escolha de uma marca.

O dado que mais impressiona refere-se à elevação da preferência dos cidadãos por produtos sustentáveis. Em 2015, 66% dos entrevistados globais demonstram-se inclinados a pagar mais por este tipo de bens, em comparação a 55% no ano passado e 50% em 2013.

As gerações mais recentes, afetadas pelos alarmes evidentes das mudanças climáticas, mostram-se sensíveis quanto ao tema. Entre os nascidos entre 1980 e 1995, os millennials, três em cada quatro afirmam pagar mais por produtos sustentáveis, enquanto 72% da geração Z, que vem logo a seguir, já demonstram a mesma vontade.

Ou seja, as escolhas dos próximos consumidores será embasada em mais exigência e critérios, os quais transcenderão preço e qualidade – os quais se convertem em atributos básicos para qualquer marca. A diferença estará em quão sustentável ela é.

Caberá às marcas, a partir de agora, conciliar uma forte postura neste sentido, embutindo a sustentabilidade ao negócio e suas ofertas, demonstrando compromisso de longo prazo em função de temas econômicos, sociais e ambientais – sem perder de vista o frequente diálogo e comunicação para os cidadãos que tendem, como mostra o estudo, a recompensar quem faz bem a lição de casa.

O estudo The Sustainability Imperative pode ser baixado no site Nielsen.com