Negócios

Reformas alavancam vendas de materiais de construção em agosto


Vendas do setor cresceram 4% em agosto na comparação com o mesmo período de 2016, de acordo com a Anamaco. Tradicionalmente, o segundo semestre corresponde a 65% do volume de vendas no ano


  Por Estadão Conteúdo 04 de Setembro de 2017 às 12:35

  | Agência de notícias do Grupo Estado


As vendas do varejo de materiais de construção cresceram 4% em agosto na comparação com o mesmo período de 2016.

Na comparação com julho de 2017, o índice se manteve estável no mês, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (04/09), pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco).

Com esse resultado, o volume de vendas no acumulado do ano apresenta alta de 3% se comparado ao mesmo período do ano passado, indicando uma inflexão. Nos últimos 12 meses até agosto, o setor teve retração de 2%.

"Temos notado um aumento contínuo de vendas de materiais básicos, o que indica que o País ainda passa por uma retomada de obras e reformas", avalia o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

"As pessoas seguraram os gastos no setor o quanto puderam, mas chega uma hora que é preciso retomar a obra parada ou iniciar aquela reforma que elas já vinham planejando há algum tempo. O momento é de retomada da confiança do consumidor e isso faz com que o nosso setor volte a se movimentar".

De acordo com a Anamaco, o segundo semestre, tradicionalmente, corresponde a 65% do volume de vendas no ano e a previsão é que até o final de 2017 o setor apresente crescimento de 5% sobre 2016.

Conz lembra que, em agosto, a Caixa Econômica Federal anunciou redução das taxas de juros da linha de financiamento para aquisição de materiais, o Construcard, além da disponibilização de novos limites pré-aprovados para os clientes.

Para o presidente da associação, isso deve influenciar muito as vendas no setor, pois a linha se torna mais competitiva e faz com que outros bancos também melhorem suas taxas de juros, ampliando o acesso ao crédito para o consumidor final, com melhores condições de pagamento.

A pesquisa da Anamaco mostra ainda que cerca de um terço dos lojistas entrevistados em agosto pretendem fazer novos investimentos nos próximos meses, e 12% têm a intenção de contatar novos funcionários já no mês de setembro.

A pesquisa da Anamaco também indicou que 33% dos lojistas acreditam que terão um aumento no volume de vendas de até 10% no mês de setembro. Ao todo, 530 lojistas de todas as regiões do País participaram do levantamento.

FOTO: Thinkstock