Negócios

Preço dos imóveis residenciais recua em junho


A redução ocorreu em oito das nove capitais que fazem parte da pesquisa da Abecip


  Por Estadão Conteúdo 19 de Julho de 2017 às 19:18

  | Agência de notícias do Grupo Estado


O preço dos imóveis residenciais no País recuou 0,09% em junho na comparação com maio. A queda foi mais branda do que em maio, quando a retração atingiu 0,26% na comparação com abril.

Os dados são de pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19/07) pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). 

O levantamento apura os dados em nove capitais, a partir do laudo feito pelos bancos para os imóveis que foram comercializados mediante liberação de financiamento.

Em junho, a queda nos preços foi vista em oito das nove capitais que fazem parte da pesquisa. Entre os recuos aparecem São Paulo (-0,01%), Curitiba (-0,07%), Belo Horizonte (-0,08%) e Rio de Janeiro (-0,28%). A exceção foi Porto Alegre, onde os preços de imóveis tiveram alta de 0,10%.

No acumulado do primeiro semestre, os preços mostraram queda de 0,57%. Já nos últimos 12 meses encerrados em maio, houve retração de 1,59%.

Em nota, a Abecip avalia que a recuperação dos preços dos imóveis residenciais no Brasil continua de forma lenta, ainda sob a forma de desaceleração do ritmo de queda nos preços nominais.

A associação avalia ainda que o processo de forte desinflação nos preços em geral abre espaço para uma intensificação do processo de redução dos juros, o que tende a melhorar as condições de financiamento, com efeitos positivos sobre o nível de atividade no setor imobiliário.

Entretanto, a Abecip pondera que uma retomada mais forte dos negócios ainda parece condicionada a um horizonte mais amplo do que o que pode ser visto no contexto da atual crise política no País.

FOTO: Thinkstock