Leis e Tributos

Semana da Conciliação espera mediar 7 mil litígios trabalhistas


O evento, promovido pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho, começa nesta segunda e vai até o dia 26 de maio


  Por Agência Brasil 22 de Maio de 2017 às 17:48

  | Agência de notícias da Empresa Brasileira de Comunicação.


Começou nesta segunda-feira, 22/05, em São Paulo, a 3ª edição da Semana Nacional de Conciliação Trabalhista, promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

A proposta é dar maior celeridade aos processos e aprimorar a resolução de conflitos.

A expectativa do tribunal, que abrange a capital paulista, região metropolitana de São Paulo e Baixada Santista, é que sejam conduzidas mais de 7 mil sessões de conciliação no total e que haja solução em 30% dos casos.

Só nos três centros judiciários de solução do órgão estão pautados 1.735 processos. Simultaneamente, ocorrerão audiências nas 217 varas do TRT-2, o que representa uma média de 25 por vara. 

O tribunal ressalta que não haverá prejuízo às audiências já agendadas nas varas, que funcionarão normalmente.

O evento, que vai ocorrer até o dia 26 de maio, tem duas novidades: a Semana da Conciliação em Empresas de Telecomunicações e a Semana de Conciliação Itinerante em Santos.

Neste ano, pela primeira vez, o TRT-2 vai realizar em paralelo as audiências com empresas de telecomunicações, que estarão em 180 rodadas de negociação. 

AUDIÊNCIAS

No ano passado, foram feitas 9.204 audiências, resultando em 3.118 conciliações, com 33,88% de índice de solução. 

O valor total arrecadado foi superior a R$ 63.181.525,73. O tribunal afirmou que, apesar da estimativa inicial, o número de sessões pode ser maior, alcançando os índices de 2016.

Em todo o Brasil, foram feitas 68.374 audiências e 160.931 pessoas foram atendidas em 2016. Foram homologados 26.840 acordos, arrecadando mais de R$ 620 milhões, convertidos aos trabalhadores.

LOCAIS

Os três centros de solução do TRT-2 funcionam no Fórum Ruy Barbosa, zona oeste (Av. Marquês de S.Vicente, 235); no Fórum Trabalhista da zona leste (Av. Amador Bueno da Veiga, 1888) e no Fórum Trabalhista da Zona Sul (Avenida das Nações Unidas, 22.939). As audiências serão realizadas das 9h às 17h.

IMAGEM: Thinkstock