Inovação

A nanotecnologia entrou no mundo da moda


Eles não mancham, protegem dos raios UV e repelem mosquitos. O estilista Bertucci (na foto) utiliza tecnologia para criar uniformes de empresas


  Por Thais Ferreira 09 de Agosto de 2017 às 13:00

  | Repórter tferreira@dcomercio.com.br


Moda combina com química, física e biologia? Para o empresário e estilista Sérgio Bertucci essa combinação não só tem tudo a ver, como também é a receita para um negócio de sucesso.

Ele é o fundador da Bertucci Fashion Uniforms, que cria e vende uniformes para empresas. Recentemente, abriu a primeira loja da marca no Itaim Bibi, bairro da zona sul de São Paulo. 

Entre araras de roupas, cabides, camisas e calças, há placas de petri e tubos de ensaio. Não estranhe. No meio da loja, há um pequeno laboratório.

Muito mais do que conhecer os produtos da empresa, o espaço mostra como a nanotecnologia é utilizada para aprimorar tecidos.  

Do lado da moda está Bertucci, que cria e vende os uniformes. Do lado da tecnologia, está a multinacional Golden Tecnology, que há mais de 20 anos oferece soluções para a indústria têxtil.

A ideia de unir esses dois lados surgiu quando Bertucci conversou com alguns donos de empresas.

Eles reclamavam que os uniformes dos funcionários estavam constantemente sujos, tinham pouca durabilidade ou esquentavam demais.

Com mais 11 anos de experiência no ramo, o estilista descobriu que havia um nicho pouco explorado no Brasil.

“Decidi que eu iria me diferenciar dos concorrentes oferecendo produtos que aliam bons cortes com tecnologias que ajudam a melhorar os tecidos”, afirma Bertucci.

LABORATÓRIO DA BERTUCCI FASHION UNIFORMS

Entre as empresas que utilizam os uniformes da marca estão a Prevent Senior, Le Postiche e Hospital Sírio Libanês. 

O salão de beleza 1838, localizado no Jardim América, bairro da zona oeste da cidade, por exemplo, tinha um problema com os uniformes de seus funcionários.

As roupas ficavam constantemente manchadas com tintas de cabelo e com outros produtos químicos utilizados por cabelereiros, manicures e maquiadores.

A Bertucci Fashion Uniforms foi responsável pela criação da nova linha de roupas do salão. Com ajuda da tecnologia, os tecidos receberam uma camada de componentes químicos que repelem a sujeira.

Por exemplo, o produto que é derrubado em uma camisa não chega a tocar o tecido e fica suspenso. Com ajuda de um guardanapo, é possível retirar os resíduos sem que o tecido fique manchado.

De acordo com Bertucci, os uniformes produzidos com essas tecnologias são entre 10% e 15% mais caros que os convencionais. O gasto inicial, no entanto, gera economia no futuro.  

“Empresas que compram uniformes três vezes ao ano, podem prolongar as trocas. Os tecidos não mancham e, por isso, parecem novos por mais tempo”, afirma Bertucci.

LOJA BERTUCCI, RECÉM-INAUGURADA

ROUPAS INTELIGENTES

No laboratório da loja Bertucci, é possível conhecer diversas outras alterações que podem ser feitas nos tecidos. Um casaco, por exemplo, pode repelir insetos, como mosquitos e percevejos. 

A Golden Tecnology consegue encapsular inseticidas que ficam ligados aos tecidos e, dessa forma, não permitem a aproximação desses bichos. Mesmo após as lavagens, o produto permanece ativo. 

Roupas com esse tratamento podem ser úteis para profissionais que trabalham em lugares em que há risco de contaminação de doenças transmitidas por insetos, como dengue e malária.

As peças também podem ter proteção dos raios UV, que cria uma barreira que evita a queimadura s na pele.

As roupas podem ajudar funcionários que trabalham muitas horas expostos ao sol.

A nanotecnologia também pode ser aplicada para ajudar a absorção do suor,  manter a temperatura do corpo e evitar a proliferação de micróbios.  

Essas tecnologias podem ser misturadas de acordo com a necessidade dos clientes.

De acordo com Luiz Wagner de Paula, gerente de produtos da Golden Tecnology, esses tecidos inteligentes já estão disponíveis em algumas redes de varejo.

Ele acredita que, no futuro, todas as peças de roupa serão modificadas para trazerem diversos benefícios para empresas e consumidores.

FOTO:Bertucci Fashion Uniforms/ Gustavo Rampini