São Paulo, 06 de Dezembro de 2016

/ Gestão

Mulheres líderes precisam agir por conta própria
Imprimir

Para as mulheres, chegar a posições de liderança ainda é um desafio - assista à entrevista de Dara Richardson-Heron, CEO da YWCA

Ter independência e agir por contra própria é condição essencial para uma mulher chegar e se manter em posições de liderança. Mesmo com avanços recentes, líderes de gênero feminino ainda precisam de esforços adicionais para alcançar o topo da cadeia no mundo dos negócios. 

Para Dara Richardson-Heron, CEO da YWCA americana, uma postura profissional exige que as mulheres comuniquem as metas e lidem com as expectativas de liderança. "É preciso afastar as distrações que podem te atrapalhar e ser desmoralizante em muitos aspectos", diz.

(The New York Times/Syndicate)



Ontem como hoje: crescimento econômico na última década não se refletiu em mais igualdade no mercado de trabalho. Com ou sem crise, as mulheres brasileiras continuam trabalhando mais –cinco horas a mais, em média – e ganhando menos

comentários

Apenas 24% avaliaram como satisfatório o tratamento de gênero na sua empresa, aponta pesquisa feita pela Câmara Americana de Comércio

comentários

Estudo da McKinsey confirma que as profissionais enfrentam um ambiente de trabalho esquematizado em favor dos homens e um caminho muito mais íngreme para a liderança

comentários