São Paulo, 23 de Maio de 2017

/ Gestão

CEO reduz seu salário para dar aumento aos funcionários
Imprimir

O americano Dan Price, fundador da empresa Gravity Payments, surpreendeu a equipe ao anunciar que o novo salário mínimo da empresa seria de US$ 70 mil anuais

Aos 19 anos, Dan Price abriu a Gravity Payments, empresa que faz processamento de pagamentos de cartões de crédito em Seattle, nos Estados Unidos. Hoje, aos 30, ele tem 120 empregados e um lucro de US$ 2,2 milhões por ano. 

Tudo ia bem até que o empresário leu uma pesquisa realizada pela Universidade de Princeton.  O estudo concluiu que para ser feliz uma pessoa devia ganhar, em média, US$ 70 mil por ano (por volta de R$ 211 mil). 

Price percebeu que uma parte de seus funcionários não ganhava esse valor e decidiu fazer uma mudança radical. Em abril deste ano, anunciou que todos em sua empresa iriam receber no mínimo US$ 70.000 por ano. Para conseguir fazer isso, ele reduziu seu próprio salário, que era de US$ 1 milhão, para receber o mesmo que os seus funcionários.

O CEO da Gravity Payments acredita que não precisa de tanto dinheiro para viver bem. Ele tem o mesmo carro há 12 anos e mora em um apartamento simples em Seattle. 

Veja no vídeo o momento em que Price anunciou as mudanças para seus funcionários: 



O advogado tributarista Igor Mauler Santiago, sócio do Sacha Calmon-Misabel Derzi Consultores Associados (foto), diz que a medida vai interferir na neutralidade dos julgadores do Carf

comentários

Governo faz essa projeção na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O cálculo leva em conta a inflação de 2017

comentários

Centro de Estudos das Sociedades de Advogados alega que o bônus traria um "interesse econômico" aos conselheiros que seriam, por isso, impedidos de julgar os casos

comentários