São Paulo, 26 de Julho de 2017

/ Gestão

Os 4 piores erros na contratação de funcionários
Imprimir

Contratar a pessoa certa sai caro, mas escolher o profissional errado é ainda mais custoso

Contratar um funcionário é sempre um risco – na hora da entrevista, a pessoa parece o candidato perfeito. No entanto, após o real início das atividades é que o gestor começa a perceber que aquele profissional talvez não fosse a melhor opção para o cargo ou para o momento. Então, começa o prejuízo – são gastos de dinheiro e tempo com a demissão, um novo processo seletivo e uma nova contratação.

Lou Adler, especialista em recrutamento e seleção e colunista da revista americana Inc., focada em empreendedorismo, listou os quatro piores erros de quem contrata. Veja abaixo quais os pontos de atenção e como não cair nessas ciladas.

 

 



Menor custo de softwares na nuvem e dispositivos móveis tornam sistemas de gestão digitais mais acessíveis aos pequenos negócios, como a Zirkus Churros, de André Vita (na foto)

comentários

Levantamento do IBGE com base em dados de 2015 revela que comércio manteve a maior participação no total de empresas (39,2%) e no pessoal ocupado (22,1%)

comentários

Nos últimos doze meses, com Frederico Trajano no comando da empresa, as ações da varejista valorizaram 550%

comentários