São Paulo, 25 de Março de 2017

/ Finanças

Recuperação de crédito cai em fevereiro
Imprimir

Na comparação com o mês anterior, o índice recuou 1,4%. Já em relação a fevereiro de 2016, a queda foi de 7,4%, de acordo com Boa Vista SCPC

Menos pessoas limparam seu nome em fevereiro, de acordo com a Boa Vista SCPC. O número de devedores excluídos dos registros de inadimplência em fevereiro deste ano recuou 1,4% na comparação com o mês anterior, descontados efeitos sazonais. Já na comparação com fevereiro do ano passado, a queda foi de 7,4%.

Na variação acumulada dos últimos 12 meses encerrados em fevereiro, a Boa Vista verificou elevação de 2,0% ante o registrado nos 12 meses antecedentes.

Por regiões, foi observada alta no Sudeste (5,2%) e Nordeste (0,7%) na comparação em 12 meses. Recuos foram constatados no Sul (-2,7%), Centro-Oeste (-2,9%) e Norte (-3,1%).

A Boa Vista SCPC afirma que a média brasileira de recuperação de crédito teve uma ligeira melhora nos valores acumulados em 12 meses ao longo do ano, apesar das divergências nos indicadores regionais.

A inadimplência, entretanto, segue inalterada, já que os registros de consumidores inadimplentes também ficaram próximos à estabilidade.

O indicador de recuperação de crédito da Boa Vista SCPC é elaborado a partir da quantidade de exclusões dos registros de dívidas vencidas e não pagas informados anteriormente à instituição pelas empresas credoras.

*FOTO: Thinkstock



O indicador representa uma desaceleração do ritmo de queda na comparação com meses anteriores. Trata-se do menor recuo na comparação anual desde abril de 2015, de acordo com o IDV, que reúne as grandes redes

comentários

Liberação de crédito às micro, pequenas e médias empresas caiu 10%, devido à retração mais aguda entre as microempresas

comentários

Segundo levantamento da Serasa Experian, a maior queda ocorreu entre as micro e pequenas empresas, 6,7%

comentários