Facesp

Diretoria da ACE de Pompeia se prepara para renovação


Reunião realizada na sede da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Pompeia entre diretores da entidade, tratou dos detalhes necessários para no próximo dia 18 a entidade conseguir a renovação da normatização ISO9001 pelo quinto ano consecutivo


  Por Redação Facesp 17 de Março de 2017 às 00:00

  | Da equipe de comunicação da Federação das Associações Comerciais do Estado de S.Paulo


“Uma conquista importante, afinal, é mais fácil obter a normatização do que mantê-la”, disse o presidente da entidade, Rinaldo José Traskini, que se reuniu com o pessoal para os primeiros preparativos. “É uma das principais metas do nosso grupo, pois este é um dos diferenciais que nossa entidade tem com as demais outras 400 associações comerciais paulistas”, enfatizou o dirigente preocupado com o trabalho a ser realizado até a visita do auditor.

A normatização ISO9001 faz com que a associação comercial de Pompeia tenha todos os procedimentos de gestão normatizados conforme as regulamentações internacionais. “Isso faz com que a entidade tenha um caminhamento padrão, de acordo com os processos que deram certo com atualização anual de cada ação que passa por avaliação permanente”, disse a gerente administrativa da entidade, Valdenice Aparecida Lacerda Valderramas, ao lembrar do ano de 2012 quando a entidade conquistou a normatização pela primeira vez. “Conseguir não é difícil”, admitiu. “Mas manter os processos e ainda atualiza-los é muito complexo”, afirmou ao dizer que as primeiras auditorias causavam mais preocupação. “Hoje temos um mecanismo próprio que agiliza de forma correta o que devemos corrigir e manter”, falou.

Para Rinaldo José Traskini contar com a normatização ISO9001 faz com que a entidade seja vista com maior seriedade, que o atendimento é monitorado e que os resultados positivos acontecem com naturalidade e dentro do próprio ritmo. “Sou favorável e defensor desta conquista”, disse o empresário automotivo. “Apesar de estarmos numa cidade de pequeno porte, e sermos considerados uma associação comercial de porte pequena, o fato de termos a normatização nos coloca em pé de igualdade com qualquer outra entidade, no aspecto de gestão administrativa”, afirmou ao parabenizar as diretorias anteriores que trabalharam para esta conquista e que a atual e futura devem manter.

Participaram do encontro: Rinaldo José Traskini, Marcos José Guilhem, Alair Mendes Fragoso e Marineves da Silva Barros Souza, bem como Valdenice Aparecida Lacerda Valderramas. “A representante da diretoria neste procedimento é a Priscila Oliveira, que é a nossa guardiã da ISO9001”, disse o presidente da diretoria atual, que contou com as presenças dos presidentes de diretorias executivas anteriores. “Serão auditados todos os processos e documentação do Sistema de Gestão da Qualidade da ACE, requisitos legais e estatutários e outros requisitos aplicados”, lembrou a gerente administrativa. “Avaliamos o escopo da certificação, possíveis alterações, capacidade e eficácia do sistema de gestão da organização em assegurar a melhoria contínua”, falou Rinaldo José Traskini. “Além disso precisamos pensar no cumprimento de todos os requisitos da norma de referência, mantendo-se operacional, conforme à politica e objetivos da entidade”, alertou. “Temos que melhorar o desempenho global da entidade e verificar a implementação eficaz das ações corretivas e preventivas, somadas as possíveis melhorias”, concluiu ao acreditar na renovação.