São Paulo, 24 de Junho de 2017

/ Economia

Movimento do comércio segue em queda
Imprimir

Apesar da queda de 1% na comparação mensal, o varejo espera chegar a um patamar positivo até o término do primeiro semestre do ano, de acordo com a Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), apontam que o movimento do comércio caiu 1% em fevereiro, considerando os dados mensais com ajuste sazonal.

Na avaliação acumulada em 12 meses (março de 2016 até fevereiro de 2017) houve queda de 3,8% frente aos 12 meses antecedentes. Já na comparação mensal contra o mesmo mês do ano anterior, houve diminuição de 6,2%.

Apesar da queda mensal, o indicador do varejo da Boa Vista SCPC manteve-se praticamente no mesmo nível registrado na última aferição na avaliação acumulada em 12 meses.

Com a perspectiva de melhoria do cenário econômico, entre elas a diminuição de preços e juros, aumento do consumo das famílias e investimentos, entre outras, mantém-se a expectativa de que o varejo atinja um patamar positivo até o término do primeiro semestre de 2017.

SETORES

Na análise mensal, dentre os principais setores, o setor de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 4,9% entre fevereiro e janeiro, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi negativa em 3,7%.
 
A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” subiu 1,1% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 10,1%.
 
A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” subiu 0,5% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses recuou 2,8%.
 
Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou avanço de 0,3% em fevereiro considerando dados dessazonalizados, enquanto na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 5,1%.

METODOLOGIA

O indicador movimento do comércio é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100, e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

*FOTO: Thinkstock



Faturamento das lojas para o período atingiu R$ 44 bilhões, de acordo com a Boa Vista SCPC

comentários

A nova regulamentação obriga os lojistas a informar os clientes, em local visível, sobre as ofertas, sob risco de penalidades

comentários

Isso porque, segundos técnicos do governo, são os dois setores que oferecem situações que realmente permitem o uso adequado dessa modalidade de contrato

comentários