DC Negócios

Venda de veículos para consumidores volta a subir em agosto


Em agosto, o mercado de leves para pessoa física somou 123,8 mil unidades vendidas, alta de 9,8% em relação a igual mês do ano passado


  Por Estadão Conteúdo 01 de Setembro de 2017 às 16:03

  | Agência de notícias do Grupo Estado


A venda de veículos leves para consumidores pessoa física, que em junho interrompeu um período de três anos e meio de queda, voltou a subir em agosto, depois de um resultado negativo em julho, segundo dados divulgados pela Fenabrave, associação que representa as concessionárias.

Em agosto, o mercado de leves para pessoa física somou 123,8 mil unidades vendidas, alta de 9,8% em relação a igual mês do ano passado.

Ambos os meses contaram com 23 dias úteis. Em julho ante julho do ano passado, as vendas haviam recuado 2,9%, para 108,2 mil unidades - o número de dias úteis também foi o mesmo nessa comparação, 21.

Em junho, o avanço havia sido de 9,3% (conta feita pela média diária, em razão da diferença de dias úteis).

O mercado de veículos já vinha dando alguns sinais de reação em 2017. No entanto, nos dois primeiros meses em que apresentou crescimento este ano, em comparações interanuais, em março e maio, os resultados foram impulsionados por vendas para clientes pessoa jurídica, como locadores de veículos, produtores rurais e frotistas em geral.

Apesar de agora as vendas para pessoa física também crescerem, o mercado para pessoa jurídica ainda apresenta desempenhos mais favoráveis. Foram 86 mil veículos leves vendidos para empresários em agosto, expansão de 31,7% em relação a igual mês do ano passado.

RESULTADO TOTAL

A venda total de veículos em agosto, que inclui também os segmentos pesados, cresceu 17,75% ante igual mês do ano passado, a quarta alta seguida nesse tipo de comparação. Em relação a julho, houve avanço de 17,17%. No acumulado dos oito primeiros meses do ano, o mercado tem expansão de 5,33%, com a venda de 1,42 milhão de unidades.

Por segmento, a venda de automóveis e comerciais leves, somando os clientes pessoa física e jurídica, teve alta de 17,85% em agosto ante igual mês do ano passado, para 209,8 mil unidades. Em relação a julho, os emplacamentos dos chamados veículos leves subiram 17,36%. O acumulado do ano, com os resultados, tem expansão de 5,84%, para 1,38 milhão de unidades.

A venda de caminhões no oitavo mês do ano, por sua vez, cresceu 9,9% ante o desempenho de agosto do ano passado, para 4,8 mil unidades. Na comparação com julho, o segmento teve avanço de 6,52%. No entanto, no acumulado do ano, em relação a igual período de 2016, houve retração de 10,7%, para 30,8 mil unidades.

O mercado de ônibus, enquanto isso, teve crescimento de 30,41% em agosto ante agosto do ano passado, com a venda de 1,8 mil unidades. O volume, se comparado a julho, mostra expansão de 25,78%. No acumulado do ano, porém, a queda é de 5,38%, para 9,7 mil unidades.