São Paulo, 28 de Maio de 2017

/ Brasil

Texto principal da reforma da Previdência é aprovado
Imprimir

A comissão especial da Câmara dos Deputados criada para analisar o tema aprovou o relatório por 23 votos a favor e 14 contrários. Texto ainda precisa ser votado em plenário

Depois de mais de oito horas de discussão, a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de reforma da Previdência aprovou nesta quarta-feira-3/05, o parecer do relator Arthur Oliveira Maia (PPS-BA). 

O novo texto, que altera a proposta encaminhada pelo governo ao Congresso, foi aprovado por 23 votos favoráveis, 14 contrários e zero abstenção.

Os parlamentares da comissão vão agora analisar os 14 destaques de bancada apresentados ao parecer, que podem resultar em alterações no texto. Esses destaques terão votação nominal. 

Com a apreciação dos destaques, a proposta segue para votação no plenário em primeiro turno. Como se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), é preciso dois turnos de votação na Câmara e no Senado.

A sessão desta quarta-feira foi tumultuada e chegou a ser suspensa por três vezes ao longo do dia. 

Os deputados da oposição atacaram duramente a troca de integrantes da base do governo na comissão para que a proposta fosse aprovada. 

O deputado Beto Mansur (PRB-SP), responsável por fazer o mapeamento dos votos, fez ligações de última hora para que deputados ausentes na comissão voltassem ao plenário da comissão para votar.

IMAGEM: Agência Brasil



O economista aceitou convite do presidente Temer e começa os trabalhos à frente do banco na próxima semana

comentários

A agência classificadora de riscos vê incertezas em relação às reformas após os últimos acontecimentos políticos

comentários

O home office e o trabalho intermitente, que não estão previstos na legislação atual, passariam a compor os contratos firmados entre patrões e empregados

comentários