São Paulo, 27 de Junho de 2017

/ Brasil

Moro condena Cunha a 15 anos de prisão
Imprimir

O ex-deputado responde pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Além da reclusão, foi fixada multa de mais de R$ 250 mil

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou hoje (30/03) o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Além da reclusão, foi fixada uma multa de mais de R$ 250 mil a ser paga pelo ex-deputado.

A sentença foi publicada no final da manhã, no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná (JFPR).

Por ser uma condenação de primeira instância, Cunha poderá recorrer a um tribunal superior. No entanto, Moro determinou no despacho que, mesmo em uma eventual fase recursal, o ex-deputado responda sob regime de prisão cautelar.

FOTO: Agência Brasil 



A condenação do ex-ministro de Lula ocorre no âmbito da Operação Lava Jato e inclui ainda o pagamento de uma multa de pouco mais de R$ 1 milhão

comentários

Manifestantes levaram cartazes questionando a imparcialidade da Lava jato. O juiz rebateu as acusações

comentários

Questão foi julgada em outubro pelo STF, em votação apertada (6 x 5). Substituição de Teori Zavascki pode levar à prisão só após o último recurso, o que favoreceria a impunidade

comentários