Saiba o que a NRF vai trazer para os varejistas em 2016 - Blogs - Diário do Comércio
 
   

Saiba o que a NRF vai trazer para os varejistas em 2016


O programa da NRF inclui empresas tradicionais que buscam se adaptar ao ambiente hipercompetitivo e inovadoras com ideias para o setor


  Por NRF Big Show 22 de Dezembro de 2015 às 15:10

  | Conheça as novidades da maior feira de varejo do mundo. Por Sérgio Teixeira Jr., de Nova York


A NRF 2016, maior convenção de varejistas do planeta, acontece de 17 a 20 de janeiro em Nova York, e um dos temas mais importantes em discussão será como navegar o mundo cada vez mais complexo do relacionamento com os clientes: nas lojas, na internet, nos aplicativos – ou então usando uma combinação de canais. O programa da NRF inclui apresentações de empresas tradicionais que buscam se adaptar ao ambiente hipercompetitivo, como a veneranda Macy’s, que vai falar sobre o crescente uso de dispositivos móveis em suas lojas para simplificar a experiência dos clientes e criar relacionamentos duradouros.

Já a Fluid está do outro lado do espectro: é uma startup de software tentando mostrar novos caminhos para o varejo. A Flui vai apresentar sua experiência com a North Face, empresa conhecida pelas roupas de esportes de inverno. Juntas, elas estão desenvolvendo um sistema baseado no serviço de inteligência artificial Watson, da IBM, para que os clientes possam conversar com computadores nas lojas – uma espécie de Siri, da Apple, para o varejo.

LEIA MAIS: Nem 13º salário faz consumidor aumentar gastos

As novas tecnologias de pagamentos, como Apple Pay e Google Wallet, também terão destaque na convenção. Na indústria, termos como “momentos de compra” e “comércio distribuído” começam a ser ouvidos com cada vez mais frequência. Experiências rápidas e simples de checkout são cada vez mais importantes para os varejistas – e também para as empresas que lidam com os pagamentos. Uma das apresentações mais concorridas da NRF 2016 certamente será a de Kenneth Chenault, CEO da American Express. Acompanhado de Terry J. Lundgren, CEO da Macy’s, ele vai falar sobre os desafios da transição digital para uma companhia de 165 anos num mundo em que os cartões de plástico podem desaparecer. 

A intersecção do marketing com a tecnologia também ocupa posição de destaque na convenção de 2016 da NRF. Os clientes são embaixadores das marcas, e sua influência é cada vez mais importante para as marcas e para os canais de venda. Seja de forma espontânea ou produzindo conteúdo sob demanda, os “influenciadores digitais” são uma ferramenta indispensável na era das redes sociais. Redes como Pinterest e Instagram têm alcance global e fazem parte do dia-a-dia de centenas de milhões de consumidores mundo afora, e saber utilizá-las a seu favor deixou de ser uma curiosidade -- é uma necessidade.

O Diário do Comércio vai acompanhar a NRF 2016 e trazer uma cobertura completa do melhor do evento. Fique ligado!