São Paulo, 26 de Setembro de 2016

/ Blogs

O tablet virou o computador (literalmente)
Imprimir

ArmorActive desenvolve plataforma de segurança para uso de tablets em pontos de venda

Os tablets já vêm sendo usados como substitutos de caixas registradora há algum tempo, mas a ArmorActive desenvolveu uma tecnologia que leva o uso desses aparelhos ainda mais longe – nos sentidos literal e figurado. O sistema é composto de dois itens.

O primeiro é a base, na qual o tablet fica encaixado. Ela conta com todo tipo de conexão encontrada em um computador tradicional, como rede para internet e o cabo do caixa, para que ele substitua um PC como ponto de venda.

O segundo item é a capa que envolve o tablet e se acopla à base. Uma vez acoplado, o tablet fica trancado: a liberação é feita com um chip RFID, que pode estar num crachá -- ou seja, a empresa pode controlar quem tem autorização para retirar o tablet da base.

Isso significa que o aparelho pode ser usado para transações ou por um funcionário que esteja circulando pela loja, demonstrando produtos ou consultando estoques, por exemplo.



O impacto da paralisação nos resultados é cada vez menor, por causa da digitalização das transações, via computadores e do celulares

comentários

Após o desapontamento dos consumidores e investidores, a marca de Steve Jobs aposta na nova edição do iPhone e do Apple Watch (foto). Os lançamentos chegam nos primeiros países em 16 de setembro. O Brasil não está na lista.

comentários

Novas tecnologias possibilitam detectar o comportamento dos consumidores para viabilizar ações de marketing e comunicação

comentários